PUBLICIDADE | LOJA ONLINE | ATENDIMENTO | ASSINATURAS Online Editora
Você está em: Matérias > Saúde > + Saudável > Olhos com o terçol: o que fazer?

Olhos com o terçol: o que fazer?

Aprenda como tratar deste tipo de irritação

Em 27/04/2012 Por Julia Evangelista/Espassum

Algumas pessoas pensam que, quando aparece um terçol, basta esperar alguns dias para que ele desapareça sozinho. Outras tentam espremê-lo. Porém o oftalmologista Renato Neves discorda das duas ações.

Em sua opinião, nunca se deve espremer esse tipo de cisto, para não provocar a ruptura da cápsula e acabar provocando uma inflamação no local. “O correto é procurar um médico. Os olhos estão entre as partes mais sensíveis do corpo. Por menor que seja a irritação, o desconforto é enorme para o paciente. É muito importante checar as condições gerais e buscar ajuda especializada”, avalia.

Dr. Neves esclarece, ainda, que nem todo terçol é igual. Sendo assim, há soluções específicas a serem tomadas de acordo com a sua necessidade. “Para cada diagnóstico, há um tratamento diferenciado, que pode ser desde compressas de água morna, para aliviar a dor, até microcirurgias”.

 

Acompanhe abaixo a descrição dos cistos oculares e suas formas de tratamento:


•Hordéolo – O terçol é avermelhado, inchado e dolorido. Ele dura até três dias e quando é naturalmente drenado, desaparece. Compressas de água morna são suficientes para tratar o problema.

•Calázio – É um nódulo duro, liso e geralmente indolor. Pode ser resultado de uma infecção em outro órgão e tende a desaparecer em até três meses se o paciente fizer compressas quentes e massagear o local com pomada anti-inflamatória.

•Cisto de Moll – Esse tipo de cisto é transparente e contém um líquido em seu interior. Ele não cresce, mas é melhor retirá-lo. O oftalmologista o remove aplicando anestesia local no paciente, esvaziando o conteúdo do cisto e removendo o tecido externo.

•Ceratose seborrica – Esse é um problema recorrente a partir da meia-idade. Trata-se de um tumor benigno com formas arredondadas, coloração marrom, parecendo verruga. Apesar de não representar risco ao paciente, poderá ser removido através de uma pequena incisão, com anestesia local.

Foto: Divulgação

1 comentários. Deixe o seu!

  • nilda

    28 meses atrás

    gostei das novidades

Novo comentário

Edições para você!

  • UMA ed. 137
  • Bebê & Gestante Ed. 21
  • Decoração e Estilo Casa Ed. 70
  • Cozinha Faça Fácil Ed. 25
  • Figurino Noivas Ed. 71
  • Faça Fácil Ed. 48
  • Casa e Decoração Ed. 59
  • Moda Moldes Ed. 40
  • Vida & Yoga
  • Casa & Ambiente Bebê

Copyright © 2008 - IBC Instituto Brasileiro de Cultura Ltda.   |